O que é vício em pornografia?

O vício em pornografia começa de forma sutil e, por não ter efeitos físicos claros, ninguém percebe. Porque, a pornografia é acessada com frequência por muitas pessoas, especialmente do público masculino. 

O vício também se torna perigoso porque a pornografia é bastante naturalizada. Até mesmo adolescentes a acessam sem restrições. Ela está presente em todos os lugares e é tema de conversa entre amigos.

O que a ciência diz?

Os estudos acerca deste problema ainda estão sendo realizados. Desta forma, não há um padrão cientificamente definido que explique o vício. Além disso, muitos pesquisadores ainda ficam em dúvida se  devem tratar o assunto como vício ou compulsão. Aqui será tratado como vício, apenas porque esse termo mais conhecida socialmente.

O presente artigo trás informações básicas, mas não deve servir como fonte de diagnóstico. A pessoa que se identificar com esses pontos ou tiver dúvidas, deverá procurar um profissional. 

Veja a seguir, como o vício em pornografia tem aparecido na clinica psicológica e nos discursos do pacientes que estão buscando auxílio. 

Como identificar o vício em pornografia

A pessoa não consegue ficar sem assistir por muito tempo. Geralmente, precisa assistir todos os dias por mais de uma vez. Além disso, a pornografia se torna um desejo constante, onde a pessoa pensa nela constantemente.

Sensação de esgotamento e cansaço são bem comuns para quem tem este vício. Há um desgaste físico, causado pela liberação de diversos hormônios, masturbação e atenção focada. 

A falta de de atenção em funções cotidianas como trabalho ou estudos é um dos primeiros sintomas relatados. A pessoa não consegue se concentrar e tende a buscar pala pornografia sempre que se sente desafiada. 

Com o tempo, as pessoas que se viciaram começam a dizer que precisam da pornografia para ter alívio e que se sentem mal quando terminam de assistir. Relatam sentimentos de culpa, vergonha e fracasso.

Além dos prejuízos psicológicos, podem vir prejuízos físicos como dor, infecções, falta de energia e, até mesmo, disfunção erétil. Quando problemas físicos aparecem, podem estar sinalizando que o problema é mais grave do que parece.

Sintomas de abstinência

A maioria dos profissionais consideram esse problema como vício devido aos sintomas de abstinência. Explosões de raiva, dor de cabeça, taquicardia… 

Como em qualquer vício, a necessidade de consumir pornografia aumenta a cada dia. Quando a frequência é barrada, alterações intensas de humor ocorrem até que o consumo se inicie novamente.

A necessidade desse consumo é tão intensa, que a pessoa arrisca a colocar seus valores e planos de lado e magoar quem está ao seu redor. Assim, casamento são destruídos, pessoas são magoadas e o futuro fica comprometido.

Efeitos neuroquimicos no cérebro

A pornografia atua diretamente no sistema de recompensas, que é responsável pela sensação de prazer. Por isso, quando essa área é excessivamente ativada, ocorre o desenvolvimento de vícios.

O consumo de pornografia aumenta a produção de dopamina no cérebro. Ela é a reguladora do circuito de recompensa do cérebro, conhecida como hormônio do prazer.

Cada vez que a quantidade de dopamina cai, há a necessidade de obter mais para manter a sensação de prazer durante horas. Entenda mais detalhes lendo o artigo “Como a pornografia afeta o cérebro“.

Outros sintomas

A falta de desejo pelo parceiro atual e pelo sexo comum é um dos sintomas mais presentes do vício em pornografia. O sexo real perde seu valor, a medida que a pessoa mergulha num mundo montado para encantar. 

Além disso, alguns diagnósticos psicológicos parecem estar relacionados com o vício em pornografia, como TDAH, TOC, depressão e ansiedade. Sentimento de vergonha e isolamento também são comuns.

Os relacionamentos podem ficar comprometidos, pois o vício em pornografia altera a forma como o sujeito enxerga outras pessoas e a construção de vínculos. Por isso, pode se envolver em relacionamentos doentios.

Author:
Teóloga e estudante de psicologia. Com experiência em dependência química, transtornos alimentares e relacionamentos conjugais e familiares.

Contact Us

Remarcações podem ocorrer até 3 hora(s) antes sem custo adicional