Insatisfação com o próprio corpo e relação sexual

Muitas pessoas sentem vergonha de ter relações sexuais por vergonha do próprio corpo. Isso não acontece somente com casais que estão iniciando essa etapa, mas por casais que convivem há anos!

Pensamentos como engordei muito, envelheci, não sou atraente o suficiente ou não sei ser sensual são fontes dessa vergonha. Esses sentimentos vão desgastando a relação. O prazer sexual se torna uma obrigação, até mesmo um fardo. Pois, não se sentem aptos para vivenciar isso.

A culpa não é do corpo. Existem corpos de todas formas, tamanhos e cores. Existe atração por cada um deles. Existem pessoas felizes e satisfeitas dentro deles. Veja, a seguir, alguns fatores que podem interferir na satisfação física/estética e na relação sexual.

Percepção pessoal do que o sexo é

Não existe uma versão universal do que o sexo significa, nem de como ele afeta cada pessoa emocionalmente. Um atriz de filmes adultos não tem a mesma percepção de sexo da jovem que deseja se casar virgem, por exemplo. Cada pessoa tem seu próprio padrão de pensamento e sua forma de compreender o mundo ao seu redor.

Algumas pessoas podem acreditar que o sexo é melhor com pessoas bonitas, dentro do padrão de beleza pessoal delas. Ou, podem acreditar que é preciso construir um clima especial e ter estratégias específicas para atrair os parceiros. Isso, sem dúvidas, pode dificultar muito a vida sexual.

Quanto mais altas são as nossas crenças a respeito do sexo, mais difícil se torna alcançar esse padrão. Assim, essas crenças não precisam ser criadas diretamente por nós. Nossos parceiros podem colaborar com isso quando falam sobre o que preferem. Desejando agradar, podemos nos perder um pouco daquilo que somos e queremos.

O que o parceiro quer de mim?

É importante considerar os desejos da outra pessoa, isso é reciprocidade. Porém, existe limite. O limite está na liberdade de cada um se expressar e ter as mesmas chances de se satisfazer.

Em alguns casos, a outra pessoa é recíproca mas a nossa insegurança nos faz colocar os desejos dela acima dos nossos. Começamos a ter uma visão distorcida da relação sexual e da beleza do nosso corpo.

Pessoas que sentem ciúmes, podem sofrer quando percebem que a outra gosta de algo que elas não têm ou não fazem. Nesse caso, é importante lembrar sexo e corpo bonito jamais foram sinônimos de amor, respeito e admiração. Se o relacionamento pode estar sendo prejudicado, entenda que essas coisas são apenas a ponta do iceberg.

Prazer não tem nada a ver com perfeição

O sexo tem muito mais a ver com entrega, confiança e prazer mútuo. Então, os corpos representam isso. Existem casais que estão juntos há muitos anos, eles viram o corpo do outro mudar muito, mas continuam amando e encontrando prazer nele.

Nunca foi o corpo. É a vontade de prazer, o desejo pelo outro e a entrega mútua. Cuide do seu corpo, ame-o, mas saiba que ele é só uma parte de tudo isso. A vida sexual não depende somente do corpo.

Author:
Teóloga e estudante de psicologia. Com experiência em dependência química, transtornos alimentares e relacionamentos conjugais e familiares.

Contact Us

Remarcações podem ocorrer até 3 hora(s) antes sem custo adicional