Desafios de um casamento pós infidelidade

Muito casais decidem continuar o relacionamento mesmo após uma infidelidade. Assim, eles querem superar esse momento e construir um relacionamento mais saudável do que foi anteriormente.

O casal sente que o amor e o valor da relação é mais forte que a decepção de uma traição. Porém, não é tão simples conviver de forma tão intima depois de algo assim. Muitos desafios eles precisarão enfrentar juntos e o recomeço pode ser bem doloroso.

Perdoando a infidelidade

Perdoar uma infidelidade é um passo bem difícil de dar. Existe raiva, mágoa, desconfiança, entre outros sentimentos negativos. Eles ficam bastante enraizados e dessas raízes, frutos ruins e espinhos crescem.

Os espinhos são as lembranças que fazem o casal sangrar. Machuca, dói e tortura. Pensamentos que atormentam a mente antes do sono e em pequenas situações gatilhos. São rápidos para chegar, mas se demoram a sair.

Os frutos amargos são todas as situações dolorosas que surgem em consequência da amargura. As brigas, a falta de sexo, o silêncio ensurdecedor, a frieza. Então, todas essas situações vão sufocando o desejo de continuar e pode fazer o casal desistir de tentar.

A dificuldade de perdoar é um obstáculo maior do que as pessoas imaginam. Elas pensam que ir vivendo o cotidiano vai apagando as marcas, mas não é assim. Atitudes claras devem ser tomadas todos os dias para provar que existe mudança. Pois, pessoa traída precisa de mais do que palavras para voltar a confiar.

A parte mais difícil

O perdão demora e, em alguns casos, pode nem vir. Por isso, é preciso ter paciência e tempo do outro. Essa é a parte mais difícil para aquele que traiu. Ele não vai conseguir confiança e perdão quando quiser. Precisará suportar questionamentos, drama, raiva, controle excessivo e a falta de autoestima do conjuge.

Ao traído que escolheu perdoar e continuar, é um desafio não se sentir vitima e culpar o outro. A pessoa traída vai sentir raiva, isso faz com que ela tenha vontade de se vingar e jogar na cara do outro todas as coisas que aconteceram. Mas, se você quer continuar em uma boa relação, precisa vencer esses impulsos.

Como vai ser depois

Se você pensa que tudo um dia voltará a ser como era antes, esqueça. Isso não vai acontecer. Porém, isso não significa que vai ser pior.

Depois de uma situação tão intensa, muita coisa pode mudar. Mas isso não significa que vai ser para pior. A relação vai ser diferente, pode ser tão boa quanto era antes, até melhor. A questão é que vocês precisam recombinar muitas coisas para seguir em frente.

Author:
Teóloga e estudante de psicologia. Com experiência em dependência química, transtornos alimentares e relacionamentos conjugais e familiares.

Contact Us

Remarcações podem ocorrer até 3 hora(s) antes sem custo adicional