Como contar aos filhos que estão se divorciando

Uma das maiores ansiedades do casal que está se divorciando é como falar isso aos filhos. É claro que o divórcio causará sofrimento nos filhos, mas é possível tomar atitudes que o torne suportável e menos nocivo.

Os filhos percebem quando algo deferente está acontecendo entre os pais. Talvez, sejam novos demais para perceber a ameaça de um divórcio, entretanto sabem que algo não vai bem. Portanto, a melhor coisa a se fazer é ser honesto com eles.

Quando eles sabem o que está acontecendo, ficam menos ansiosos e não precisam ficar fantasiando explicações para tantas mudanças. Porém, essa noticia deve ser dada com cuidado. Entenda como fazer isso:

Segurança e apoio

A primeira coisa que os pais precisam fazer é ter certeza da decisão. Jamais falem de separação aos filhos se não tiverem certeza disso. Também, façam isso antes que um dos pais saia de casa, para dar tempo de explicar aos filhos o que está acontecendo.

Isso é absolutamente importante para que eles não se sintam abandonados e confusos. Os filhos também fazem parte de tudo isso, contar a eles que estão se divorciando é uma forma de respeitá-los e de entender a importância desse casamento na vida deles.

Antes de contar, você se eu atual cônjuge devem sentar juntos e combinar como tudo acontecerá, principalmente sobre o que influencia o futuro dos filhos. Porque, eles irão perguntar e respostas diretas farão eles se sentirem mais seguros com essa mudança.

Hora da notícia

Conte que estão se divorciando em um lugar privado e tranquilo, onde os filhos se sintam seguros. Porque, a primeira impressão sobre o divórcio pode ser decisiva no modo como irão lidar com ele no futuro.

Estejam calmos e seguros a respeito da separação, explique aos filhos porque esse é o melhor caminho para a família. Assim, seus filhos perceberão que vocês estão no comando e se sentirão mais confiantes e confortáveis.

É muito importante que os pais deem a notícia juntos para que os filhos compreendam que ambos ainda serão presentes em suas vidas. Desta forma, eles podem entender que a relação entre seus pais mudou para melhor e que todos ficarão bem, mesmo vivendo momentos turbulentos.

Não minta. Se perguntarem o motivo, sejam sinceros e contem com respeito mútuo o que os levou a isso. Mesmo novas, as crianças são espertas e irão pesquisar até descobrir a verdade. Por isso, é melhor que seja por vocês, de forma respeitosa.

Deixe claro que eles não são responsáveis por isso, para que não se sintam culpados por essa situação. Mesmo que seja óbvio para o casal de quem é a responsabilidade, os filhos podem acreditar que também colaboraram com isso.

Já estão se divorciando

Jamais falem mal do pai ou da mãe para seus filhos, jamais! Isso fará eles sentiram a necessidade de escolher um lado para apoiar, sentindo extrema angústia porque amam e precisam dos dois. 

Além da alienação parental ser um crime, pode causar problemas emocionais e traumas graves que comprometerão o futuro dos filhos. Dificuldade de confiar, de construir relacionamentos saudáveis, dificuldades cognitivas e de expressar emoções, entre outros.

Alguns pais, acham que os filhos são muito jovens para lidar com situação. Porém, cabe aos pais dar suporte para que o filho enfrente bem as mudanças, assim como fez durante toda a vida dele. 

Leia também: Como a infidelidade afeta os filhos

Author:
Teóloga e Psicóloga. Com experiência em dependência química, transtornos alimentares e relacionamentos conjugais e familiares.