As consequências de namorar por carência

Não é novidade que muitas pessoas iniciam namoros para suprir a carência e o medo de ficarem sozinhas para sempre. Pessoas carentes sentem falta de atenção e de carinho, elas acreditam que namorar irá resolver isso.

Porém, não funciona sempre assim. Para suprir suas necessidades emocionais, podem negligenciar situações que prejudicam a saúde mental e também física. Com essa tendência, se tornam vulneráveis à relacionamentos tóxicos.

Consequências emocionais

O começo do relacionamento tende a aumentar bastante a autoestima. Entretanto, a queda é equivalente ao salto. Conforme a experiência se torna familiar, a pessoa carente percebe que o outro não está sendo suficiente e a carência retorna.

Sensação de vazio e incompletude se tornam frequentes. O sentimento de angústia pode ser ainda maior, já que tentativa que o salvaria da carência não funcionou.

Logo, o relacionamento já não cumpre o papel que lhe foi atribuído. Desta forma, o namoro perde o foco e se torna apenas habitual. Com isso, a pessoa vai percebendo outras opções e querendo viver experiências diferentes, que não serão realizadas com o atual parceiro. Começa, então, a sensação de aprisionamento.

Quando a pessoa carente se dá conta que não ama o outro, o sentimento de culpa começa a aparecer. Com ele, a vontade de terminar a relação e a pena de abandonar o outro.

Como a carência atrapalha a relação

A pessoa que começa a namorar por carência, entende que é responsabilidade do outro fazê-la feliz. Por isso, as suas exigências não são poucas, especialmente por atenção. Cobra muito que seu parceiro dedique tempo a ela.

Desta forma, tenta impedir que a outra pessoa saia com amigos e faça atividades em que não está incluída também. Se isso acontecer, se sentirá abandona, traída e desvalorizada.

Junto com isso, os ciúmes vêm junto. A pessoa carente geralmente não se sente bem consigo mesma, por isso tudo ao seu redor pode parecer ameaçador. Mesmo que ela não esteja mais apaixonada, tem medo de perder o outro e se sentir abandonada.

Como agir sabiamente?

Side view businesswoman looking outside Free PhotoSuportar a própria carência é essencial para superá-la. Leia mais sobre isso para entender e se conhecer melhor. Também não tenha vergonha em admitir que você quer namorar, as pessoas foram criadas para viverem unidas, tudo bem.

Apenas são se precipite. Lembre-se que para se relacionar com o intimo de alguém, primeiro precisa se relacionar bem com o seu íntimo. Isso é um processo e pode parecer demorado, mas é melhor esperar do que se deixar ferir profundamente em uma relação infeliz.

Author:
Teóloga e estudante de psicologia. Com experiência em dependência química, transtornos alimentares e relacionamentos conjugais e familiares.

Contact Us

Remarcações podem ocorrer até 3 hora(s) antes sem custo adicional