5 tipos de casais que buscam Terapia de Casal

Você pode pensar que todos os casais buscam terapia pelo mesmo motivo, que seria resolver conflitos do relacionamento. Porém, não é exatamente igual. Há quem queira resolver conflitos por amor, outros querem fazer isso pelo seu próprio bem-estar sem pensar muito no parceiro, alguns vão para a terapia como uma tentativa de “consertar” o companheiro ou até mesmo para se separar! Veja o que cada tipo de casal está procurando.

1. Casais que estão tentando melhorar

Você provavelmente pode pensar que esse é o único tipo de casal que busca terapia, mas não é. Esses casais chegam na sessão em acordo, com o coração aberto e dispostos a mudar pelo bem do relacionamento. Eles percebem que estão fazendo mal um ao outro e não querem continuar assim. 

Esses casais conseguem abandonar seu orgulho para fazer atividades e tomar atitudes por amor ao outro. Se interessam em ouvir o que o outro tem a dizer, se preocupam com as palavras que irão usar e tentam entender o outro a cada momento da terapia. Fazem todas as atividades propostas e se orgulham quando conseguem evoluir.

2. Querem uma reconquista

Há quem busque Terapia de Casal por perceber o distanciamento emocional do outro, desejando reconquistá-lo.  Em algumas situações, buscam terapia quando o outro já o informou sobre o desejo de separação. Isso acontece em cenários onde um é relapso ao relacionamento e não se dá conta da gravidade das coisas que faz, desde palavras ofensivas até falta de carinho e de demonstrações de interesse.

A outra pessoa já está cansada e magoada demais para tentar seguir em frequente com o relacionamento e, geralmente, atende ao pedido de terapia apenas para satisfazer a vontade do outro. Ela usa a terapia como oportunidade para explicar os motivos da sua decisão e raramente muda de opinião. 

Neste caso, a terapia é ótima para apontar aos dois onde os erros ocorreram, dando oportunidade para uma mudança. Além disso, o casal constrói muitas rotulações a respeito do outro que podem ser quebradas com a terapia de casal, pois eles vão conseguir entender de forma mais profunda e intima o seu parceiro. Com isso, se torna possível uma reconciliação, mas é sempre importante lembrar que para acontecer isso, ambos precisam querer.

3. Mostrar que o outro está errado

Isso é muito típico de casais que vivem em pé-de-guerra! Eles querem fazer terapia vendo o psicólogo como uma espécie de juiz, que dirá quem está certo ou errado. Neste caso, o discurso está pronto para convencer o psicólogo de que o parceiro está errado. A terapia se torna um momento para reclamar do outro e, quem faz isso, se fecha para qualquer mudança que precise fazer. 

Em alguns casos, ambos estão dispostos a fazer esse papel e utilizar a terapia a serviço dos seus próprios interesses. Em outros casos, uma pessoa vai com a intenção de fortalecer a relação, enquanto a outra vai para buscar a mudança única e exclusiva do outro. São comuns frases como: “eu só vou mudar se ele(a) mudar primeiro”, “você precisa tirar isso da cabeça dele(a)” e “ele(a) não enxerga tudo o que eu tento mostrar”.

4. Casais que estão tentando descobrir se querem continuar

Nem todo mundo que está em um relacionamento tem certeza de que deseja estar nele, especialmente quando o relacionamento irá seguir para um caminho mais sério como o casamento, por exemplo. É bastante comum que noivos procurem por terapia para saber se devem seguir para o casamento ou não. 

Essas dúvidas aparecem quando as emoções que os casais sentem estão em desarmonia com o que eles estão vivendo. Algumas inseguranças começam a surgir, especialmente se irão receber apoio quando preciso ou descobrir se conseguirão corrigir alguns problemas que causam sofrimento para uma ou ambas as partes. 

5. Casais que querem comunicar algo

Algumas pessoas querem fazer terapia de casal porque tem algo a dizer que não conseguem falar. Geralmente são assuntos negativos que irão afetar demais a vida do casal, podendo colocar em risco o relacionamento. Tem quem busca terapia para assumir que cometeu um adultério, pois não tem coragem ou não sabe como contar isso ao companheiro. Também há quem procure a terapia porque deseja se separar e não sabe como explicar. 

A terapia permite que o casal consiga se comunicar em um lugar seguro o que lhe é necessário. Ela tem uma grande capacidade de desbloquear a comunicação, especialmente com a influência da psicóloga que ajudará cada pessoa a expressar de uma forma mais clara e profunda aquilo que deseja. 

Author:
Formada em Psicologia e Teologia, ajuda casais e famílias desde 2016 com Técnicas comprovadas cientificamente.