Supere a insegurança com essas 7 atitudes!

A insegurança é uma das maiores causas de carreiras e casamentos fracassados! Muitas oportunidades são perdidas e muitos frustrações suportadas por causa dela.

Algumas atitudes cotidianas podem ser tomadas para lidar com a insegurança. Além disso, a psicologia e a teologia entendem que a insegurança é originada de situações vividas no passado, por isso ela deve ser tratar também em Psicoterapia quando causa prejuízos e sofrimentos ao paciente.

Como superar a insegurança

1. Diferenças não são defeitos

A maioria das pessoas se sentem inseguras quando possuem alguma caraterística diferente das demais pessoas com as quais convive. Desta forma, a pessoa se sente deslocada, como se não fosse boa o suficiente para estar ali. 

É preciso entender e aceitar que diferenças não são defeitos! Essa característica poderá ser usada a seu favor e te beneficiar. Por isso, mude a sua forma de pensar a respeito de suas diferenças.

2. Não sinta tanta pressa!

Muitas vezes, a insegurança é causada por expectativas irrealistas que fazem um objetivo se tornar inalcançável. Uma pessoa pode esperar que alguém se apaixone por ela em 1 mês ou deseja ser promovida em menos de 1 ano. 

A pressa também é uma forma irrealista de entender e desejar. Ela faz o objetivo parecer impossível, aumentando a insegurança. Por isso, é preciso viver um dia de cada vez e tentar aceitar o que essa dia tem a oferecer.

A pressa faz a pessoa se sentir sobrecarregada e fracassada por não dar conta de alcançar o que ela mesma planejou. 

3. Foque nas tuas atitudes

Pessoas inseguras geralmente esperam que as outras pessoas supram algumas de suas necessidades. Por exemplo: uma mulher insegura de sua beleza, exigirá elogios do marido. 

Uma forma de superar a insegurança é parar de esperar algo dos outros. Assim, você vai focar em si mesmo. A mesma mulher do exemplo acima, pode separar uma parte do seu salário para fazer atividades físicas e ter mais momentos de laser, por exemplo. Desta forma, ela será mais responsável pela sua autoestima.

4. Pare de desistir

Tenha coragem para continuar e não abandonar seus sonhos: A insegurança te faz querer desistir daquilo que é muito importante, porque te faz pensar que não vai conseguir.

Ser persistente é uma habilidade que aprendemos com a vida. Então, esse pode ser seu momento de aprender. Sem ela, você vai se boicotar sempre e isso vai aumentar a insegurança. Por isso, insista em prosseguir, mesmo que isso pareça doloroso.

5. Descubra como você pensa

A forma como pensamos determina como sentimos e agimos no mundo. Por isso, entender o próprio padrão de pensamento é necessário para lidar com situações frustrantes que nos levam a insegurança. 

6. Jamais se compare a outra pessoa

A comparação é uma armadilha. Porque, ela não mostra a verdade. A pessoa que se compara já está tendenciosa a se menosprezar, olhando somente para seus fracassos e falhas. 

Assim, se esquece que vê apenas o que as outras pessoas desejam lhe mostrar. Não vê sacrifícios, medos e fracassos por trás das outras pessoas. Lembre-se que a comparação nunca vai te levar a uma boa opinião sobre si mesmo, não importa o quão bom você seja.

7. Tenha um hobby que diminua sua insegurança

Se divertir é super importante! Sempre invista em seu bem-estar e naquilo que traz alegria. Invista tempo, energia e dinheiro em coisas que te façam se sentir mais confiante.

Faça algo que te faça se sentir mais confiante, algo em que seja bom. Pode ser estudos, trabalho, atividade física, passeios… não importa o que é, desde que você se sinta inteiro fazendo isso.