O que um teólogo pode fazer por você?

O teólogo é o profissional que estuda profundamente as religiões. Alguns cursos são específicos, como a Teologia Bíblica que não aborda religiões afrodescendentes, budismo e outras religiões orientais. É importante ter uma especificação sobre quais religiões irá estudar, já que um estudo profundo consome muito tempo e energia.

Não só dogmas e morais são estudados. O teólogo estuda também política, geografia, sociologia, legislação, arqueologia, interpretação, história, administração e línguas – hebraico, aramaico, grego e latim. Isso é teologia básica, para ter uma compreensão completa de como a religião influencia cada indivíduo e sociedade.

Dificilmente o teólogo terá apenas esse curso, pois a teologia funciona muito bem com outros cursos. As áreas são unidas para ter um compreensão mais profunda do ser humano.  Geralmente, um teólogo também se interessa por áreas das humanidades como sociologia, filosofia, história e psicologia.

Quem é o teólogo?

Ainda que a teologia esteja muito ligada às religiões, não é preciso ser religioso para ser teólogo. Existem teólogos ateus, cristãos, judeus, umbandistas, agnósticos… Religião não é pré-requisito. A maioria dos teólogos são religiosos, porque a convivência com a religião desperta mais interesse nesse tipo de conhecimento.

Algumas pessoas ainda creem que teólogos são os mais fanáticos religiosos. Na verdade, é exatamente o oposto. As horas dedicadas ao estudo da religião, permitem que o teólogo tenha uma visão critica das verdades que lhes são apresentadas. Quanto mais o teólogo estuda, mais longe ele passa do fanatismo.

O fanático religioso é exatamente aquela pessoa que não tem conhecimento profundo da sua religião, se deixando levar por qualquer discurso comovente. O teólogo estuda com autonomia, não depende da visão de um líder.

Como um teólogo trabalha?

O teólogo entende que a religião afeta a todos, ainda que a pessoa não seja religiosa. Porque, a religião construiu o mundo, ela organiza sociedades e até nas mais influentes obras arquitetônicas e artísticas está presente. A cultura tem como pilar a religião e não existe longe dela.

Pensando a religião na sociedade, o teólogo pode desenvolver diversos trabalhos. Veja alguns:

  • Aconselhamento espiritual: Muitas pessoas têm a religião como base das suas escolhas. Por isso, precisam confiar em um profissional que as aconselhem dentro de seus padrões religiosos sobre diversos conflitos que podem aparecer no cotidiano. O aconselhamento acontece desde conflitos leves até situação mais graves. Neste caso, o teólogo segue a mesma religião que o paciente.
  • Orientações: A orientação é diferente do aconselhamento. Podem ser realizadas independente da religião do teólogo ou do paciente. A partir das orientações, os teólogos levam os pacientes a pensarem nas suas escolhas de vida, para que tomem decisões com clareza das consequências e de forma racional. Na maioria dos casos, as orientações são destinas à casais e famílias.
  • Administra instituições religiosas: Instituições religiosas, como igrejas, sinagogas e templos podem ser administradas por teólogos.
  • Coordena trabalho social: ONGs, trabalhos voluntários e instituições públicas com funções sociais, como centros de reabilitação química e orfanatos.
  • Conteúdo editorial: São excelentes pesquisadores, por isso conseguem criar livros, artigos e pesquisas com alta qualidade. Além de oferecer o resultado dos seus estudos em rádios e na mídia em geral.
  • Capelão: É quem presta assistência religiosa em diversas áreas. Podem trabalhar para a aeronáutica, exército, marinha, polícia militar, escolas, e atletas. Essas instituições entendem que a assistência teológica coopera para o bom desempenho profissional e bem-estar de todos.