A fé cristã ajuda a superar vícios

Em Clinicas de Reabilitação Química, é comum encontrar pessoas responsáveis em trabalhar a espiritualidade de quem está internado. Além disso, pesquisas confirmam que os pacientes exercitam sua fé apresentam melhores resultados. isso acontece por vários motivos!

Nova forma de pensar sobre si

Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. (Romanos 12:3)

O cristianismo ensina que toda pessoa que se arrepende verdadeiramente merece ser perdoada. Porque, com o arrependimento, se compromete a viver de outra forma. Com isso, as ações futuras têm mais valor do que os erros que foram cometidos no passado.

A pessoa que se arrepende e se compromete, não é mais vista como ímpia pela comunidade cristã. É percebida como uma pessoa que deseja melhorar e precisa de apoio para isso. A partir desse momento, um novo perfil começa a ser moldado, um perfil que vence o vício.

Com essa nova reputação, o dependente químico se sente respeitado, cuidado e mais capaz para alcançar seus objetivos. Mudando suas atitudes e se motivando diariamente pela fé de alcançar as coisas impossíveis.

Vencer o vício parece algo impossível e isso somente o dependente entende. Toda abstinência química e emocional o colocam no chão, refém da droga, sem controle do corpo e dos pensamentos. Entretanto, Cristo se apresenta como alguém mais forte que tudo, especialmente mais forte que a droga. Com Cristo, ele consegue vencer.

A fé em Cristo ensina amor e perdão, aos outros e a si mesmo. Devido a isso, o dependente perdoa a sua fraqueza e se perdoa pelas escolhas que fez no passado. Também, se percebe como uma pessoa que merece ser amada e pode amar a si mesmo.

Novas prioridades para o futuro

Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, a serem renovados no modo de pensar e a revestir-se do novo homem, criado para ser semelhante a Deus em justiça e em santidade provenientes da verdade. (Efésios 4: 22-24)

Com uma nova percepção de si, a vida que tinha antes já não cabe mais. Os planos passados não são mais suficientes ou minimamente toleráveis. Se não é mais a mesma pessoa, não faz sentido que os projetos para a futuro se mantenham iguais.

Novos sonhos são construídos, a esperança se torna cada vez mais sólida e pequenos passos são dados, pouco-a-pouco, para alcançá-los. Com isso, a vida vai se redirecionando e a sua história vai mudando.

Não basta viver apenas por viver. Com a fé cristã, a vida exige um sentido, o motivo mais forte pelo qual viver e fazer escolhas, até mesmo as mais pequenas. Ansiando por dar sentido à sua existência, o dependente descobre causas pelas quais lutar. Essa causa lhe dará força momentos de desânimo.

Refletir sobre seus desejos e ações, lhe propiciará maior domínio sobre as escolhas que faz. Percebendo que pode ter controle sobre algumas coisas e sentindo satisfação na sua melhora. Com isso, um futuro melhor pode ser percebido no horizonte da sua vida.

Novos hábitos

Vedes então que o homem é justificado pelas obras, e não somente pela fé. (Tiago 2:24)

A Bíblia ensina que a fé só é completa se estiver acompanhada de ações. Por isso, o dependente aprende a exercitar de forma prática essa fé. Ele se torna útil socialmente, praticando as boas ações que estão ao seu alcance. Com essa nova atividade, a sua mente se volta para questões que não envolvem as drogas, além de sentir gratidão.

O controle de impulsos também é exercitado, especialmente através da oração (Veja O que acontece com o cérebro ao orar). O que a droga mais lhe roubou, o domínio próprio, a fé cristã se encarrega de devolver.

Apoio em rede

É melhor ter companhia do que estar sozinho, porque maior é a recompensa do trabalho de duas pessoas. Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se! E, se dois dormirem juntos, vão manter-se aquecidos. Como, porém, manter-se aquecido sozinho? Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade. (Eclesiastes 4:9-12)

Ao escolher mudar de vida, um grupo social cristão se movimenta junto até o dependente, para oferecer todo apoio que ele necessita. Apoio emocional, espiritual, social, profissional e financeiro são dispostos de acordo com a capacidade deste grupo.

Devido a isso, a sensação de pertencimento que o dependente sente, lhe motiva a não desistir e proporciona senso responsabilidade social. Ao entender que pessoas acreditam e esperam por ele, terá ainda mais vontade de conquistar a sua independência integral.

Apoio financeiro e material para suprir necessidades como alimentação, vestimentas, medicamentos e tratamentos é oferecido. Com isso, o depende não se agarra em uma promessa vazia, mas em uma esperança de real mudança de vida.

Author:
Teóloga e estudante de psicologia. Com experiência em dependência química, transtornos alimentares e relacionamentos conjugais e familiares.

Contact Us

Remarcações podem ocorrer até 3 hora(s) antes sem custo adicional